Luzes e sombras da recuperação

O director regional de Portugal e do Brasil discutidos neste fórum previsões de consenso para 2010 do Grupo Atradius, difundidadas de Crédito y Caución.

Madrid - 27-out-2010

LUZES E SOMBRAS DA RECUPERAÇÃO

Paulo Morais, Director Geral da Crédito y Caución

Ao longo deste ano, a economia mundial tem apresentado claros sinais de recuperação que mantém, ainda assim, contrastes entre países e regiões. De acordo com as últimas previsões semestrais elaboradas pela Crédito y Caución, estima-se que os Estados Unidos finalizem o ano com um crescimento de 3,3%, em linha com os 3,2% do Japão mas muito acima dos 1,1% estimados para a Zona Euro. Entre os países do espaço europeu, as diferenças são igualmente grandes: enquanto a Alemanha e a França crescerão 1,8% e 1,4%, respectivamente, a Itália não ultrapassará os 0,9%, a Espanha continuará a decrescer, apesar de a um ritmo mais lento que em 2009 e Portugal não deverá superar os 0,7% de crescimento.

Esta recuperação já está a produzir efeitos no comércio mundial, cujos riscos e oportunidades para milhões de empresas são a razão de ser do seguro de crédito. Após o registo sustentado de crescimentos médios de 7% desde 1970, em 2009 as exportações das principais economias ocidentais registaram quedas abruptas, entre os 15% e 25%. Contudo, os últimos dados apontam para uma rápida recuperação do comércio mundial, a um ritmo anual de 10%.

No entanto, nem todos os indicadores económicos apresentam a mesma evolução, o que confere algumas sombras a este cenário. Apesar do efeito catalizador induzido pelos pacotes de estímulo nesta recuperação mundial, o consumo e o investimento, principais motores do crescimento a longo-prazo, permanecem débeis. As taxas de desemprego nos Estados Unidos e na Zona Euro estabilizaram-se em torno dos 10%, sendo que nesta última existem diferenças significativas entre os 4% dos Países-Baixos e os 19% de Espanha. A produção industrial persiste 10 pontos percentuais abaixo dos níveis pré-crise, o que deixa antevêr que o desemprego se manterá durante algum tempo muito acima dos níveis de 2008. Da mesma forma, não deveremos esperar melhorias significativas dos sistemas bancários no curto-prazo, o que induz um desafio acrescido para as pequenas e médias empresas.

Ao longo dos últimos dois anos, a profundidade e gravidade da recessão mundial tem-se reflectido de forma intensa e persistente no aumento das insolvências empresariais, contribuindo para um contexto muito complexo no mundo dos negócios. A boa notícia é que as actuais expectativas de recuperação moderada implicam uma estabilização da evolução deste indicador. De acordo com as previsões da Crédito y Caución, as variações dos níveis de insolvência em 2010 nos Estados Unidos e nos mercados da Zona Euro situar-se-ão entre os 5% e 10%. A má notícia é que estima-se um agravamento deste indicador para Portugal, em linha com os últimos dados divulgados pela Crédito y Caución, que empurrará o crescimento no final do ano para o topo deste intervalo de variação. No entanto e a partir de 2011 espera-se uma melhoria generalizada de estes níveis em todos os mercados, se bem que ainda longe dos valores anteriores à recessão.

O meu conselho à generalidade das empresas portuguesas e em especial às empresas exportadoras é que reforcem de forma permanente os seus sistemas de gestão de risco de crédito ao cliente, para serem parte desse crescimento do comércio mundial repleto de oportunidades sem se desprotegerem face às ameaças de incumprimento e sem que isso possa impactar na sua solvabilidade.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais
GPS youtube.com Regista um ID único em dispositivos móveis para permitir o rastreamento com base na localização geográfica do GPS. 1 dia HTTP
VISITOR_INFO1_LIVE youtube.com Procura estimar a largura de banda dos utilizadores em páginas com vídeos do YouTube integrados. 179 dias HTTP
1P_JAR youtube.com Este cookie fornece informações sobre a utilização do website pelo utilizador final e sobre a publicidade que o utilizador final viu antes de visitar o website. 2 anos HTTP
PREF youtube.com Regista um ID único que se usa para gerar dados estatísticos sobre como o visitante utiliza os videos do You Tube nos diferentes websites. 8 meses HTTP
IDE youtube.com Utilizado pelo Google DoubleClick para registar e comunicar a acção do utilizador do Website após visualizar ou clicar num dos anúncios do anunciante, com o objectivo de medir a eficácia de um anúncio e apresentar anúncios direccionados ao utilizador. 1 ano HTTP
YSC youtube.com Regista uma identificação única para obter informações estatísticas sobre os vídeos do YouTube que o utilizador visualizou. sessão HTTP

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais
a_sescyc creditoycaucion.es Este cookie é necessário para o serviço de balanceador de carga 1 dia HTTP
JSESSIONID creditoycaucion.es Cookie de servidor Web para manter o estado da sessão do visitante entre pedidos de páginas. sessão HTTP
NID google.com Necessário para o funcionamento do reCaptcha. Grava um código para evitar a usurpação de identidade do utilizador. 2 anos HTTP
TS# creditoycaucion.es Este cookie é necessário para o serviço de balanceador de carga. sessão HTTP

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais
_gat Script inline Usado pelo Google Analytics para reduzir a taxa de pedidos. 1 dia HTTP
_gat_UA-# Script inline Usado pelo Google Analytics para reduzir a taxa de pedidos. 1 dia HTTP
_gid googletagmanager.com Regista um ID único que se usa para gerar dados estatísticos sobre como o visitante usa o site. 1 dia HTTP
_ga googletagmanager.com Regista um ID único que se usa para gerar dados estatísticos sobre como o visitante usa o site. 2 anos HTTP
_gcl_au googletagmanager.com Usado pelo Google AdSense para experimentar a eficácia da publicidade em sites que utilizam os seus serviços. 3 meses HTTP

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais

Os cookies são pequenos arquivos de texto que as páginas web podem usar para tornar a experiência do usuário mais eficiente. A lei estabelece que podemos armazenar cookies no seu dispositivo se forem estritamente necessários para o funcionamento desta página. Para todos os outros tipos de cookies precisamos da sua permissão. Esta página utiliza diferentes tipos de cookies. Alguns cookies são colocados por serviços de terceiros que aparecem nas nossas páginas. A qualquer momento pode alterar ou retirar seu consentimento na "Declaração de Cookies" no nosso website. Saiba mais sobre quem somos, como pode entrar em contato connosco e como processamos os dados pessoais na nossa "Política de Privacidade".

 

O seu consentimento aplica-se aos seguintes domínios: www.creditoycaucion.es