Bens de consumo duradouro: adaptar-se para sobreviver

A transformação do setor pode afetar qualquer operador, independentemente da sua dimensão ou do sucesso das suas anteriores estratégias de negócio.

Madrid - 28-mar-2017

 

O setor de bens de consumo duradouro registou, em 2016, um aumento no valor de vendas na maioria dos mercados mundiais, fenómeno que se irá repetir em 2017. Apesar deste crescimento, de acordo com o mais recente relatório divulgado pela Crédito y Caución, o setor enfrenta enormes tensões internas resultantes da profunda transformação que está a sofrer a nível global. De acordo com o estudo realizado pela seguradora de crédito, os retalhistas trabalham com margens cada vez mais reduzidas, num ambiente de concorrência feroz, exacerbada pelo crescente desafio do comércio online. O sucesso e a resiliência do negócio a retalho dependem, cada vez mais, da sua capacidade para adotar novas estratégias e oferecer serviços adicionais, o que requer vontade de mudança e investimento. A volatilidade do ambiente em mudança pode afetar os operadores do setor, independentemente da sua dimensão, da sua presença no mercado ou do êxito da suas estratégias comerciais passadas.

 

 

Em Espanha, as margens do setor e o ambiente em termos de insolvências mantiveram-se estáveis em 2016. Os prazos de pagamento variam entre os 60 e os 90 dias, mas podem estender-se até aos 120. As vendas de bens de consumo duradouro cresceram impulsionadas pelo aumento do PIB, pelo crescimento do consumo privado, pelo aumento da confiança dos consumidores, baixa inflação e uma maior disponibilidade de crédito ao consumo. No entanto, o abrandamento do crescimento das vendas, que começou no segundo semestre de 2016, e a elevada dependência setorial ao crédito ao consumo, são motivos de cautela.

 

Na China, o ritmo de crescimento das vendas de bens de consumo duradouro acelerou a partir do segundo semestre de 2016, uma tendência que provavelmente irá manter-se em 2017. Em novembro, o governo chinês anunciou políticas de apoio para melhorar o ambiente de negócios dos retalhistas, como a melhoria do acesso ao crédito bancário. A China está prestes a converter-se no maior mercado de e-commerce no mundo. Em 2016, as compras de eletrodomésticos online totalizaram mais de 25.000 milhões de euros, o que representa um aumento de 35%. Os pagamentos neste setor são feitos a 60 dias e as insolvências são baixas.

 

Em França, as vendas neste setor aumentaram em 2016 em linha com a recuperação do mercado imobiliário. Contudo, este crescimento abrandou no segundo semestre. A eletrónica de consumo cresceu 2% em 2016, após cinco anos de declínio, impulsionada pela venda de televisores. O setor caracteriza-se pela resistência num ambiente de mercado muito competitivo, com uma pressão significativa sobre os preços de venda, o que explica a sua baixa rentabilidade. As previsões para 2017 são incertas, uma vez que a confiança dos consumidores está afetada pela incerteza institucional. Nos últimos dois anos registou-se uma concentração setorial, com alianças ou expansão de franchisados, com o objetivo de ampliar a presença geográfica. Os pagamentos no setor têm uma média de 45 dias e não se prevê que essa média aumente em 2017. A concorrência vai continuar feroz e as insolvências deverão estabilizar em 2017.

 

Em 2016, o setor retalhista britânico continuou a crescer em consequência do aumento do consumo privado, motor do crescimento económico no Reino Unido. As vendas online, que representam 15% do mercado, voltaram a estar especialmente dinâmicas, com um crescimento superior a 20%. Espera-se, no entanto, que 2017 seja um ano mais difícil para os bens de consumo duradouro devido à pressão sobre os preços, à situação da libra e à incerteza que rodeia o futuro do Reino Unido. A relação com a União Europeia está a pesar sobre as despesas de investimento, levando as empresas a atrasar contratações e aumentos de salários e ao abrandamento do crescimento de vendas. Os pagamentos no setor são realizados a 60 dias e espera-se que as insolvências aumentem ligeiramente, com a crescente incerteza económica.

 

Nos Estados Unidos, onde o setor retalhista representa dois terços do PIB e emprega quase 16 milhões de pessoas, as vendas online cresceram 14% em 2016, o maior crescimento nos últimos cinco anos. As perspetivas para 2017 quanto às vendas de bens de consumo duradouro nos EUA continuam positivas, devido à solidez do consumo privado impulsionado pelo mercado imobiliário, e ao crescimento do emprego e dos salários. Apesar disto, em 2017, os retalhistas norte-americanos de bens duradouros vão continuar a enfrentar um ambiente de negócios muito competitivo, com novas pressões provocadas pelas mudanças de preferências dos consumidores e pelo dinamismo do crescimento do canal online.

 
 

Sobre a Crédito y Caución

 

Crédito y Caución é uma das marcas líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Portugal, com uma quota de mercado de 26%. A Crédito y Caución contribui para o crescimento das empresas protegendo-as dos riscos de incumprimento associados a vendas a crédito de bens e serviços. A marca Crédito y Caución também está presente em Espanha e no Brasil. No resto do mundo operamos como Atradius. Com uma quota de mercado mundial de 23%, somos um operador global de seguro de crédito presente em mais de 50 países, com acesso a informação de crédito de mais de 240 milhões de empresas em todo o mundo. A nossa actividade consolida-se no Grupo Catalana Occidente.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais
_gid googletagmanager.com Regista um ID único que se usa para gerar dados estatísticos sobre como o visitante usa o site. 1 dia HTTP
_gat Script inline Usado pelo Google Analytics para reduzir a taxa de pedidos. 1 dia HTTP
_gat_UA-# Script inline Usado pelo Google Analytics para reduzir a taxa de pedidos. 1 dia HTTP
_gcl_au googletagmanager.com Usado pelo Google AdSense para experimentar a eficácia da publicidade em sites que utilizam os seus serviços. 3 meses HTTP
_ga googletagmanager.com Regista um ID único que se usa para gerar dados estatísticos sobre como o visitante usa o site. 2 anos HTTP

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais
NID google.com Necessário para o funcionamento do reCaptcha. Grava um código para evitar a usurpação de identidade do utilizador. 2 anos HTTP
TS# creditoycaucion.es Este cookie é necessário para o serviço de balanceador de carga. sessão HTTP
a_sescyc creditoycaucion.es Este cookie é necessário para o serviço de balanceador de carga 1 dia HTTP
JSESSIONID creditoycaucion.es Cookie de servidor Web para manter o estado da sessão do visitante entre pedidos de páginas. sessão HTTP

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais
VISITOR_INFO1_LIVE youtube.com Procura estimar a largura de banda dos utilizadores em páginas com vídeos do YouTube integrados. 179 dias HTTP
PREF youtube.com Regista um ID único que se usa para gerar dados estatísticos sobre como o visitante utiliza os videos do You Tube nos diferentes websites. 8 meses HTTP
IDE youtube.com Utilizado pelo Google DoubleClick para registar e comunicar a acção do utilizador do Website após visualizar ou clicar num dos anúncios do anunciante, com o objectivo de medir a eficácia de um anúncio e apresentar anúncios direccionados ao utilizador. 1 ano HTTP
GPS youtube.com Regista um ID único em dispositivos móveis para permitir o rastreamento com base na localização geográfica do GPS. 1 dia HTTP
1P_JAR youtube.com Este cookie fornece informações sobre a utilização do website pelo utilizador final e sobre a publicidade que o utilizador final viu antes de visitar o website. 2 anos HTTP
YSC youtube.com Regista uma identificação única para obter informações estatísticas sobre os vídeos do YouTube que o utilizador visualizou. sessão HTTP

Os cookies são pequenos arquivos de texto que as páginas web podem usar para tornar a experiência do usuário mais eficiente. A lei estabelece que podemos armazenar cookies no seu dispositivo se forem estritamente necessários para o funcionamento desta página. Para todos os outros tipos de cookies precisamos da sua permissão. Esta página utiliza diferentes tipos de cookies. Alguns cookies são colocados por serviços de terceiros que aparecem nas nossas páginas. A qualquer momento pode alterar ou retirar seu consentimento na "Declaração de Cookies" no nosso website. Saiba mais sobre quem somos, como pode entrar em contato connosco e como processamos os dados pessoais na nossa "Política de Privacidade".

 

O seu consentimento aplica-se aos seguintes domínios: www.creditoycaucion.es