A debilidade estrutural volta a surgir na Turquia

Após uma década com um progresso económico notável na Turquia, reaparecem as debilidades económicas estruturais.

Madrid - 19-dez-2014

Em 2011, as eleições gerais na Turquia deram uma clara vitória ao conservador Partido da Justiça e do Desenvolvimento [AKP] na Turquia. O AKP, que governa com maioria absoluta pelo terceiro mandato consecutivo, tem conseguido reduzir gradualmente o papel do exército, fortalecendo a posição do regime civil. Porém, a sua ideologia pró islâmica choca com um setor cada vez mais amplo da população, sobretudo nas cidades. Os protestos que eclodiram em Istambul no verão de 2013 foram o reflexo deste crescente mal-estar.

Devido à lentidão extrema do processo de conversações entre a Turquia e a União Europeia, o apoio popular generalizado à adesão desvaneceu. Atualmente, a Turquia centra a sua política externa no fortalecimento dos laços, políticos e económicos, e influência no Médio Oriente e na Ásia  Central. A boa relação com Israel deteriorou-se devido às diferenças relativamente ao conflito palestiniano e à mudança de regime no Egipto. A Turquia posicionou-se claramente a favor da oposição na guerra civil síria. Indiscutivelmente que é por esse motivo que o governo sírio retomou o seu apoio tático ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão [PKK].

Em 2014 o risco geopolítico aumentou significativamente devido ao rápido avanço do jihadista Estado Islâmico [IS] no vizinho Iraque, o segundo maior mercado de exportações da Turquia, e da Síria. A situação da segurança piorou na zona sudeste do país devido à entrada maciça de refugiados sírios e ao conflito próximo da fronteira. A ambivalência da Turquia perante a coligação contra o Estado Islâmico gerou tensões com os Estados Unidos e a União Europeia.

Na última década, o progresso económico da Turquia tem sido notável. Com estabilidade política desde 2002, quando o AKP chegou ao poder, o PIB do país cresceu até superar a média europeia. O rápido crescimento de uma população de mais de 75 milhões e a crescente prosperidade converteram a Turquia num dos mercados emergentes de maior destaque. Contudo, desde 2013 têm ressurgido as debilidades económicas estruturais: inflação elevada, necessidade de financiamento externo, liquidez internacional débil e aumento do risco político. A divisa turca desvalorizou bruscamente em 2013, quando os investidores se retiraram dos emergentes mais vulneráveis à supressão dos estímulos monetários dos Estandos Unidos. A Turquia viu-se confrontada com o aumento do défice de conta corrente e com o afundamento da sua divisa, 20% em termos nominais e 10% em termos reais face ao dólar, o que colocou o país no grupo dos cinco frágeis, juntamente com a Índia, a Indonésia, a África do Sul e o Brasil.

Abrandamento do Crescimento

Após um abrandamento económico pronunciado em 2012, o PIB da Turquia recuperou em 2013, até 4%. As finanças públicas são sólidas, com pequenos défices perto dos 2% do PIB em 2014 e 2015. A dívida pública manteve-se moderada nos 40% do PIB. Contudo, com taxas de juro mais altas e com uma moeda desvalorizada, a economia voltou a perder força este ano devido ao menor crescimento da exportação, à diminuição do consumo e ao investimento.

Este ano espera-se um crescimento económico abaixo dos 3%. Pelo contrário, a Turquia apresenta uma inflação subjacente alta, que alcançará quase os 9%, muito acima do objetivo de 5% do Banco Central. Nesse contexto, existe uma preocupação crescente sobre a independência do Banco Central, já que o governo turco tem expressado repetidamente o seu desejo por juros baixos para estimular o crescimento. Em Janeiro de 2014, com o colapso da lira, o banco central elevou as taxas de juro de referência de 4,5% para 10%, mas posteriormente reduziu as taxas para 8,25%.

O calcanhar de Aquiles da economia turca continua a ser o persistente défice de conta corrente e o seu financiamento através de entradas de capital e dívida. Em 2014 e 2015, é esperado que o défice de conta corrente melhore, apoiado pela redução dos preços da energia. No entanto continua elevado, próximo dos 6% do PIB, enquanto a taxa de poupança se manterá baixa. Para cobrir o elevado défice da conta corrente, é necessário um aumento da dívida estrangeira e importações de capital consideráveis.

 

Grandes desafios políticos e económicos

Nas eleições programadas para 2015, prevê-se que se mantenham os atuais equilíbrios políticos. Dado que nada indica o final da guerra civil síria e que a situação política no Iraque continuará muito instável, a situação nas fronteiras da Turquia manter-se-ão em tensão.

Prevê-se um crescimento económico de 3,4% em 2015, apoiado por uma política fiscal flexível, pela redução das taxas de juro e pelo aumento da procura estrangeira perante a fragilidade da lira. Muito depende do desenvolvimento futuro da zona euro, que representa quase 50% das exportações da Turquia e é a sua principal fonte de investimento de capitais. Apesar de se prever que a inflação diminua 7% no próximo ano, manter-se-á elevada, assim como o défice de conta corrente, nos 6%.

A solvência permanece em níveis razoáveis. Apenas uma desvalorização da lira, de mais de 30% em termos reais ameaçaria a sustentabilidade da dívida externa turca, o que não está previsto nos próximos 12 meses.

A futura capacidade das receitas da economia turca encontra-se limitada pelos desequilíbrios macroeconómicos relacionados com a elevada expansão do crédito, a alta inflação e um grande défice externo, unidos a questões estruturais referentes à sua baixa taxa de poupança e às suas debilidades em competitividade. O clima de investimento vê-se dificultado por um sistema judicial débil e um mercado laboral inflexível. Sem reformas estruturais para aumentar a poupança, reduzir a dependência das importações de energia e aumentar o clima de investimentos, o índice de crescimento potencial da Turquia diminuirá para 3% - 3,5% por ano.

 

Sobre a Crédito y Caución

A Crédito y Caución  é um dos operadores líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Portugal, com uma quota de mercado de 23%. A Crédito y Caución contribui para o crescimento das empresas, há mais de 85 anos, protegendo-as dos riscos associados às vendas a crédito de bens e serviços. Desde 2008 é o operador do Atradius em Portugal, Espanha e Brasil.

Atradius é o operador global de seguros de crédito, presente em 50 países, que tem acesso a informação de crédito em mais de 100 milhões de empresas em todo o mundo. O operador global consolida a sua actividade no âmbito do Grupo Catalana Occidente.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais
GPS youtube.com Regista um ID único em dispositivos móveis para permitir o rastreamento com base na localização geográfica do GPS. 1 dia HTTP
VISITOR_INFO1_LIVE youtube.com Procura estimar a largura de banda dos utilizadores em páginas com vídeos do YouTube integrados. 179 dias HTTP
1P_JAR youtube.com Este cookie fornece informações sobre a utilização do website pelo utilizador final e sobre a publicidade que o utilizador final viu antes de visitar o website. 2 anos HTTP
PREF youtube.com Regista um ID único que se usa para gerar dados estatísticos sobre como o visitante utiliza os videos do You Tube nos diferentes websites. 8 meses HTTP
IDE youtube.com Utilizado pelo Google DoubleClick para registar e comunicar a acção do utilizador do Website após visualizar ou clicar num dos anúncios do anunciante, com o objectivo de medir a eficácia de um anúncio e apresentar anúncios direccionados ao utilizador. 1 ano HTTP
YSC youtube.com Regista uma identificação única para obter informações estatísticas sobre os vídeos do YouTube que o utilizador visualizou. sessão HTTP

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais
a_sescyc creditoycaucion.es Este cookie é necessário para o serviço de balanceador de carga 1 dia HTTP
JSESSIONID creditoycaucion.es Cookie de servidor Web para manter o estado da sessão do visitante entre pedidos de páginas. sessão HTTP
NID google.com Necessário para o funcionamento do reCaptcha. Grava um código para evitar a usurpação de identidade do utilizador. 2 anos HTTP
TS# creditoycaucion.es Este cookie é necessário para o serviço de balanceador de carga. sessão HTTP

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais
_gat Script inline Usado pelo Google Analytics para reduzir a taxa de pedidos. 1 dia HTTP
_gat_UA-# Script inline Usado pelo Google Analytics para reduzir a taxa de pedidos. 1 dia HTTP
_gid googletagmanager.com Regista um ID único que se usa para gerar dados estatísticos sobre como o visitante usa o site. 1 dia HTTP
_ga googletagmanager.com Regista um ID único que se usa para gerar dados estatísticos sobre como o visitante usa o site. 2 anos HTTP
_gcl_au googletagmanager.com Usado pelo Google AdSense para experimentar a eficácia da publicidade em sites que utilizam os seus serviços. 3 meses HTTP

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais

Os cookies são pequenos arquivos de texto que as páginas web podem usar para tornar a experiência do usuário mais eficiente. A lei estabelece que podemos armazenar cookies no seu dispositivo se forem estritamente necessários para o funcionamento desta página. Para todos os outros tipos de cookies precisamos da sua permissão. Esta página utiliza diferentes tipos de cookies. Alguns cookies são colocados por serviços de terceiros que aparecem nas nossas páginas. A qualquer momento pode alterar ou retirar seu consentimento na "Declaração de Cookies" no nosso website. Saiba mais sobre quem somos, como pode entrar em contato connosco e como processamos os dados pessoais na nossa "Política de Privacidade".

 

O seu consentimento aplica-se aos seguintes domínios: www.creditoycaucion.es