A more stable currency in Mexico, but insecurity persists

Prospects for the Mexican economy are less positive than they were three months ago. The slowdown of the US recovery is affecting Mexico in many ways.

Madrid - 01-dez-2010

While the Mexican economy has technically been out of the recession since the first quarter of 2010, the economy has still to fully recover, and a rebound to pre-crisis levels may take one or two years yet. According to the Mexican Statistics Office [INEGI], in Q2 of 2010 GDP grew 3.2% on the previous quarter. Overall, GDP growth for this year is expected to be between 4.6% and 5%.

Production capacity remains low, due to lack of structural changes, weakness of long-term growth factors such as savings, investments and productivity, and technical changes. Overall, Foreign direct investment [FDI] represents 17% of Mexicos GDP. FDI increased 28% in the first half of 2010, after a 42% decline in 2009, but this is because a single operation. On 1st October, Mexico entered the World Government Bond Index, which should increase investment in financial products.

Unemployment is still high and the informal economy has grown since the beginning of the crisis. There has also been an increase in registered sole proprietorships, often set up by people who have lost their jobs.  But the fact that many of these firms have been created more out of desperation than market demand can only result in their subsequent failure.

The number of overdue accounts has improved, decreasing from 4% in June 2009 to 3% in August 2010. Late credit card payments also decreased to 5.4% in August, while late repayments to banks declined to 2.6%. However, banks are still reluctant to lend to companies, and 52% of exporters still have no access to bank loans.

Currency volatility affects both Mexican importers and exporters. The peso suffered significant devaluation in September 2008 by about 25% - triggering a wave of defaults in 2009 by those companies with US$ denominated debt and/or trade credit obligations. However, the peso has regained strength since then, mainly due to the sluggishness of the US economy, and is now at its strongest level in three months. While, at the beginning of this year, the exchange rate was forecast to close between MXN 13.1/US$ and MXN 13.5/US$ at year end, it is now expected to close at MXN 12.2/US$. That said, private companies external debt in the first half of this year is at an all-time high, at US$ 68,106 million, and this needs to be closely monitored as it could lead to repayment problems if the peso were to depreciate again in the future.

In recent months, the security situation has worsened, with killings of mayors, police and drug cartel members. Add to that the rise in kidnappings, and the fact that the violence is spreading from northern areas like Nuevo León to more central areas such as Michoacán, and even to Monterey and Mexico City itself, and it is understandable that people tend to stay at home rather than go out for dinner, to bars and clubs, or to shop. But of course this has had a negative effect on the economy: for example, in the city of Tijuana near the US border 81% of companies report lower sales. Violence and insecurity are also forcing companies to close down, while tourism, already hit by lower discretionary spending, is now also suffering as a result of this drug related crime.

Growth to slow down in 2011

Prospects for the Mexican economy are less positive than they were three months ago. The slowdown of the US recovery is affecting Mexico in many ways: lower production, lower revenues from tourism and workers´ remittances all important sources of foreign exchange. However, Crédito y Caución is expecting an increase in business for companies that depend on government purchases in the coming months, as budgets need to be used before year-end. Banco de Mexicos 2011 GDP projections have been revised downward for the 4th time this year - to 3.5% - due to lower global economic growth. The IMF currently expects a slightly better result, at 3.9%. What is clear is that the economic pace will depend on recovery of the still depressed domestic demand and US economic performance.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais
GPS youtube.com Regista um ID único em dispositivos móveis para permitir o rastreamento com base na localização geográfica do GPS. 1 dia HTTP
VISITOR_INFO1_LIVE youtube.com Procura estimar a largura de banda dos utilizadores em páginas com vídeos do YouTube integrados. 179 dias HTTP
1P_JAR youtube.com Este cookie fornece informações sobre a utilização do website pelo utilizador final e sobre a publicidade que o utilizador final viu antes de visitar o website. 2 anos HTTP
PREF youtube.com Regista um ID único que se usa para gerar dados estatísticos sobre como o visitante utiliza os videos do You Tube nos diferentes websites. 8 meses HTTP
IDE youtube.com Utilizado pelo Google DoubleClick para registar e comunicar a acção do utilizador do Website após visualizar ou clicar num dos anúncios do anunciante, com o objectivo de medir a eficácia de um anúncio e apresentar anúncios direccionados ao utilizador. 1 ano HTTP
YSC youtube.com Regista uma identificação única para obter informações estatísticas sobre os vídeos do YouTube que o utilizador visualizou. sessão HTTP

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais
a_sescyc creditoycaucion.es Este cookie é necessário para o serviço de balanceador de carga 1 dia HTTP
JSESSIONID creditoycaucion.es Cookie de servidor Web para manter o estado da sessão do visitante entre pedidos de páginas. sessão HTTP
NID google.com Necessário para o funcionamento do reCaptcha. Grava um código para evitar a usurpação de identidade do utilizador. 2 anos HTTP
TS# creditoycaucion.es Este cookie é necessário para o serviço de balanceador de carga. sessão HTTP

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais
_gat Script inline Usado pelo Google Analytics para reduzir a taxa de pedidos. 1 dia HTTP
_gat_UA-# Script inline Usado pelo Google Analytics para reduzir a taxa de pedidos. 1 dia HTTP
_gid googletagmanager.com Regista um ID único que se usa para gerar dados estatísticos sobre como o visitante usa o site. 1 dia HTTP
_ga googletagmanager.com Regista um ID único que se usa para gerar dados estatísticos sobre como o visitante usa o site. 2 anos HTTP
_gcl_au googletagmanager.com Usado pelo Google AdSense para experimentar a eficácia da publicidade em sites que utilizam os seus serviços. 3 meses HTTP

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.

Nome Fornecedor Finalidade Validade Tipo Informações adicionais

Os cookies são pequenos arquivos de texto que as páginas web podem usar para tornar a experiência do usuário mais eficiente. A lei estabelece que podemos armazenar cookies no seu dispositivo se forem estritamente necessários para o funcionamento desta página. Para todos os outros tipos de cookies precisamos da sua permissão. Esta página utiliza diferentes tipos de cookies. Alguns cookies são colocados por serviços de terceiros que aparecem nas nossas páginas. A qualquer momento pode alterar ou retirar seu consentimento na "Declaração de Cookies" no nosso website. Saiba mais sobre quem somos, como pode entrar em contato connosco e como processamos os dados pessoais na nossa "Política de Privacidade".

 

O seu consentimento aplica-se aos seguintes domínios: www.creditoycaucion.es