Insolvências decrescem em abril mas acumulado supera 2016

Insolvências de abril diminuíram 26,2% face ao mês homólogo de 2016, mas o número total de empresas insolventes nos primeiros quatro meses deste ano é superior ao valor registado nos últimos dois anos (1,7%).

Madrid - 16-mai-2017

 

Em abril de 2017 registou-se uma diminuição das Insolvências, com um total de 481 empresas insolventes, menos 26,2% que em igual período do ano anterior (menos 171 empresas). No entanto, o valor acumulado nos primeiros quatro meses de 2017 apresenta-se superior, tanto ao período homólogo de 2015 (mais 5,4% em 2017) como de 2016 (mais 1,7%).  

 

 

 

Até abril de 2017 verificou-se um total absoluto 1.442 Declarações de Insolvência, mais 326 do que em abril de 2016 (29,2%), o que resulta no aumento total das Insolvências (mais 44 relativamente a 2016). Quanto aos restantes tipos de ações, estes decresceram. As declarações a insolvência requeridas (DIR) diminuíram em 158 (menos 22,3%), enquanto as apresentações à insolvência pelas próprias empresas (DIA) registaram uma diminuição em 129 (menos 19%) relativamente ao mesmo período de 2016.

 

O aumento mais significativo de insolvências foi em Lisboa, ao passarem de 623 para 765 empresas, mais 142 do que em 2016 (acréscimo de 22,8%). O Porto também apresenta um valor elevado (527 empresas) no entanto, diminuíram em 8,3% face a 2016. Beja e Castelo Branco apresentam decréscimos significativos, com 57,9% e 24,4% respetivamente. Os distritos que revelam aumentos mais notórios são a Madeira e Bragança, com um aumento de 26,7% e 25% no número de empresas insolventes no comparativo com o ano anterior.

 

Em termos setoriais, registam-se decréscimos de insolvências na Agricultura, Caça e Pesca, no Comércio a Retalho, na Construção e Obras Públicas, Eletricidade, Gás e Água, Indústria Extrativa e Transformadora, Telecomunicações e, por fim, no setor de Transportes. Estes decréscimos são mais significativos na Indústria Extrativa (diminuição de 33,3%) e na Eletricidade, Gás e Água (decréscimo de 27,3%).

 

O aumento mais notório de insolvências apresenta-se nos Serviços (aumento de 13,7%) e na Hotelaria e Restauração (acréscimo de 8,7%).

 

Constituições

 

Em abril passámos de 3.151 constituições em 2016 para 2.819 em 2017, menos 332 empresas em termos homólogos (diminuição de 10,5%). Em termos acumulados verifica-se um acréscimo de 4,4% face ao mesmo período do ano passado, com mais 632 empresas constituídas.

 

O número de constituições evidenciou-se em Aveiro, Faro, Setúbal e Braga, tendo-se destacado os dois últimos, com acréscimos de 6,8% e 7,5% respetivamente. Não se verificaram descidas significativas, tendo a maioria dos distritos mantido o peso das constituições.

 

Sobre a Iberinform

 

A Iberinform é a filial da Crédito y Caución que oferece soluções de gestão de clientes para as áreas financeiras, de marketing e internacional. Fornece bases de dados para a identificação de novos clientes e ferramentas que facilitam a gestão de riscos, a análise e acompanhamento de clientes ou setores. O seu serviço de informação empresarial possibilita a obtenção de relatórios de empresas em mais de 200 países ou territórios e aceder às maiores bases de dados de incumprimento bancário em Espanha, como o RAI e ASNEF Empresas.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.