Quais os oito países emergentes de 2016?

Entre a deterioração dos emergentes, oito mercados demonstram um desempenho sólido e oportunidades de negócio.

Madrid - 02-fev-2016

As condições económicas dos mercados emergentes deterioraram-se drasticamente em 2015 e é provável que esta tendência continue em 2016. Porém, oito mercados demonstram um desempenho sólido nos últimos três anos que, provavelmente, melhorará ainda mais em 2016.

O que têm em comum todos estes mercados? Basicamente, três coisas: em primeiro lugar, um quadro institucional e políticas macroeconómicas estáveis; segundo, o seu caráter de importadores de commodities, que lhes permite beneficiar de um contexto de preços baixos do petróleo ou dos metais; em terceiro lugar, fortes dinâmicas internas de crescimento do investimento e extensão das classes médias.

Oportunidades setoriais

a India, espera-se que a procura de plásticos e produtos químicos se mantenha forte, dado o crescimento da atividade industrial e as perspetivas de melhoria de alguns setores produtivos orientados ao consumidor final.

A construção é um setor em crescimento no Perú, devido ao contínuo investimento público. Também no Quénia e Tanzânia as empresas de construção poderiam beneficiar do crescimento das infraestruturas, que incluem a construção de novos portos.

Os mercados asiáticos do Bangladesh, India e Vietnam, proporcionam oportunidades de negócio para os exportadores de bens de consumo duradouro e eletrónico, devido ao aumento das receitas disponíveis, à crescente urbanização e à melhoria do nível de vida. Prevê-se que o mercado retalhista índio duplique praticamente até ao bilião de dólares em 2020 a partir dos 600.000 milhões atuais. No Vietnam há uma clara preferência pelas marcas estrangeiras, percecionadas como de maior qualidade.

O consumo privado continuará a ser um motor de crescimento económico importante na Colômbia, o mercado retalhista mais atrativo da América Latina durante os próximos cinco anos. No Perú, as tecnologias constituem um dos setores de crescimento mais promissor, já que a taxa de penetração na internet entre a população teve um grande desenvolvimento desde os 30% atuais. Também no Vietnam, o Governo apoia o aumento da penetração dos PC nos meios rurais.

As economias em crescimento e o aumento dos investimentos em infraestruturas proporcionam oportunidades de exportação para as empresas de maquinaria e bens de capital na India, Vietnam, Quénia e Tanzânia. Contudo, nestes últimos dois mercados, a concorrência no que se refere aos preços da maquinaria asiática é alta.

Espera-se que o Vietnam se converta num mercado em crescimento para produtos farmacêuticos, já que o Governo tem como objetivo melhorar o sistema de saúde. O Vietnam tem uma grande necessidade não satisfeita de cuidados médicos e produtos sanitários, que requerem um investimento importante.

 

Sobre a Crédito y Caución

A Crédito y Caución  é um dos operadores líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Portugal, com uma quota de mercado de 25%. A Crédito y Caución contribui para o crescimento das empresas, há mais de 85 anos, protegendo-as dos riscos associados às vendas a crédito de bens e serviços. Desde 2008 é o operador do Atradius em Portugal, Espanha e Brasil.

Atradius é o operador global de seguros de crédito, presente em 50 países, que tem acesso a informação de crédito em mais de 200 milhões de empresas em todo o mundo. O operador global consolida a sua actividade no âmbito do Grupo Catalana Occidente.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.