A desaceleração da economia chinesa reativa incumprimentos na Ásia-Pacífico

Austrália e Indonésia demonstram já os primeiros sinais de contágio e deterioração da liquidez empresarial, devido à evolução chinesa.

Madrid - 27-out-2015

As dúvidas relativas ao desempenho económico da China persistem e já provocaram uma nova revisão em baixa das previsões de crescimento, de 6,9% este ano, para 6,7% em 2016. Neste ambiente, o Barómetro de Práticas de Pagamento, na região Ásia-Pacífico, divulgado pela Crédito y Caución, mostra um aumento nos níveis de morosidade nas operações B2B na China. Esta evolução pode gerar uma reação em cadeia na liquidez empresarial em vários países, e agrava as perspetivas de risco de crédito na região.

Segundo o que foi apurado pelo estudo, 62% das empresas chinesas sofreram uma desaceleração dos pagamentos dos seus clientes B2B, devido a problemas de liquidez. A percentagem é sensivelmente superior aos 46% registados no conjunto da Ásia-Pacífico. Cerca de 27% das empresas chinesas, em comparação com 21% da região, registaram atrasos nos pagamentos devido a insolvências formais dos compradores. O valor das faturas B2B do mercado doméstico chinês, com atraso dos pagamentos superior a 90 dias, praticamente duplicou num ano, passando de 4,2% para 7,5%.

É previsível que a gestão e a desaceleração da economia chinesa, que parece estar a ter um impacto severo no seu ambiente de insolvências, provoque um agravamento no risco de crédito comercial B2B, em vários países da região Ásia-Pacífico. De acordo com o Barómetro divulgado pela Crédito y Caución, o mercado já mostra sinais claros de alerta para estes efeitos de contágio. Na Austrália e na Indonésia, cujas economias dependem em grande medida da exportação de matérias-primas para a China, o valor total das faturas B2B de exportação, com um atraso superior a 90 dias, é significativamente superior a 2014. Na Austrália, a percentagem passou de 6,4% para 23%. Na Indonésia, a subida vai dos 4,8% para os 12%.

O Barómetro de Práticas de Pagamento para a Ásia-Pacífico destaca que, aproximadamente 90% das empresas da região já assistiram à morosidade comercial B2B dos seus clientes, ao longo do último ano. As empresas da Índia [96%] e Indonésia [96%] registaram estes problemas com maior frequência com os clientes domésticos, enquanto na Austrália [96%], os atrasos nos pagamentos são maioritariamente mais notórios nas suas operações de comércio externo.

A Taxa de Incumprimento em B2B da região situa-se nos 2%. As empresas de Hong Kong são as mais afetadas pelos créditos incobráveis. Para 54% das empresas da Ásia-Pacífico o principal motivo de incumprimento são as falências dos seus clientes. Esta percentagem é especialmente elevada na Indonésia [67%], refletindo o ambiente de negócios desafiante em que muitas empresas da região continuam a operar. O fracasso das ações de recuperação é especialmente relevante na Austrália [51%].

`O reequilíbrio da economia chinesa tem um impacto significativo em toda a região da Ásia-Pacífico, assim como na economia global. Os volumes de comércio B2B na região encontram-se debilitados, especialmente nas economias emergentes. Temos visto um aumento nos níveis de incumprimento e um aumento dos riscos de crédito comercial, em algumas economias da Ásia-Pacífico´, explica o diretor da Atradius na Ásia, Eric den Boogert.

 

Sobre a Crédito y Caución

A Crédito y Caución  é um dos operadores líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Portugal, com uma quota de mercado de 25%. A Crédito y Caución contribui para o crescimento das empresas, há mais de 85 anos, protegendo-as dos riscos associados às vendas a crédito de bens e serviços. Desde 2008 é o operador do Atradius em Portugal, Espanha e Brasil.

Atradius é o operador global de seguros de crédito, presente em 50 países, que tem acesso a informação de crédito em mais de 200 milhões de empresas em todo o mundo. O operador global consolida a sua actividade no âmbito do Grupo Catalana Occidente.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.