A Crédito y Caución anuncia sinais de mudança para o setor químico europeu

O setor químico norte-americano tornou-se num produtor de baixo custo com acesso a energias mais baratas, o qual faz pressão sobre as margens a nível mundial.

Madrid - 04-ago-2015

O setor químico global, com crescimentos na maioria dos subsetores, bom-comportamento nos pagamentos e baixos níveis de insolvência, pode sofrer uma mudança de cenário, de acordo com o último Market Monitor divulgado pela Crédito y Caución. A procura de produtos químicos é elevada em todos os subsetores e segmentos de consumidores, no entanto a Crédito y Caución, um dos operadores líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Portugal, alerta para sinais de mudança no horizonte, principalmente para as empresas químicas europeias, devido ao aumento da concorrência internacional proveniente principalmente da China e dos Estados Unidos.

A indústria química dos Estados Unidos representa cerca de 15% da produção mundial, emprega mais de 800.000 pessoas e contribui para 12% das exportações norte-americanas de mercadorias. O desenvolvimento do Gás de Xisto e a onda  de gás natural liquefeito tornaram o setor químico norte-americano um dos produtores de mais baixo custo a nível global, pelo facto de poder beneficiar de preços de energia mais baixos, o que gera inevitavelmente uma pressão sobre as margens do setor a nível mundial. Esta melhoria competitiva norte-americana está a impulsionar as suas exportações, embora o dólar tenha subido 25% em relação ao euro no último ano.

Na China, onde a produção de produtos químicos irá aumentar 8,5% em 2015, o excesso de capacidade é um problema crescente pela evolução da procura interna. A forte procura de automóveis irá impulsionar o segmento da borracha sintética e do poliuretano, enquanto o plástico ou o PVC, cuja produção foi elevada nos últimos anos, encontram-se afetados pela deterioração do mercado imobiliário e pela redução das despesas de consumo. No entanto, o desenvolvimento do setor na China e a sua competitividade internacional são dificultados pela falta de tecnologia avançada. As empresas chinesas não investem em Investigação e Desenvolvimento e dependem da tecnologia importada.

Em Espanha o setor obtém 57% das suas receitas noutros mercados. A sua atividade supõe quase 15% do total das exportações espanholas.

Desde o ano 2000, o setor aumentou as suas exportações em mais de 170%, o que demonstra a sua vantagem competitiva atual no mercado global. Prevê-se que o setor continue a crescer em 2015. Dito isto, muitas empresas estão já a operar com margens muito reduzidas, como resultado dos preços mais elevados das matérias-primas e da concorrência mundial crescente. O comportamento no que se refere a pagamentos do setor químico espanhol depende da dimensão, atividade e localização da empresa. Contudo, a média de pagamentos na industria situa-se nos 60 dias, com um baixo nível de insolvência.

A situação não é diferente noutros mercados europeus. Na Alemanha, espera-se um aumento da produção de 1,5% em 2015 acompanhado, todavia, de uma diminuição no volume de vendas devido ao previsível ajuste de margens acima dos 2% para adaptar-se à concorrência internacional. A Alemanha é a maior indústria química na Europa e ocupa o quarto lugar no mundo. Cerca de 2.000 empresas alemãs produzem produtos químicos, mais de 90% são pequenas e médias empresas. O seu considerável investimento em Investigação e Desenvolvimento deu uma merecida reputação ao setor e uma vantagem competitiva.

Em França, o setor químico francês demonstrou ser resistente, até agora, à debilidade crescente da economia nacional. A exportação dos produtos químicos franceses, principalmente a Europa, equivale a mais de dois terços das suas vendas totais, mas o setor já está a sentir a forte concorrência internacional.

O setor químico italiano é o terceiro maior da Europa, depois da Alemanha e da França. Comporta mais de 2.800 empresas, das quais 36% têm acionistas estrangeiros. Em 2015 prevê-se que a produção de produtos químicos italianos cresça 1,4%, devido ao aumento das exportações e à melhoria da procura interna após quatro anos de contração.

Os químicos belgas beneficiam, à escala internacional, de um elevado grau de especialização. Mais de 75% da produção é exportada e os produtos químicos representam mais de 30% das exportações belgas. Contudo, a competitividade encontra-se entre as mais elevadas da Europa, devido aos custos laborais, e a concorrência chinesa aumentou.

Para os Países Baixos, o químico é um dos setores produtivos mais importantes da economia. No final de 2014, o Governo e as principais empresas do setor concordaram em realizar as diligências necessárias para fortalecer a sua competitividade, diminuindo a carga reguladora e fortalecendo os grupos regionais. Graças a estas medidas, em 2015 o setor químico holandês registou uma mudança de tendência, assinalando crescimentos na produção e nas exportações. 

 

Sobre a Crédito y Caución

A Crédito y Caución  é um dos operadores líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Portugal, com uma quota de mercado de 25%. A Crédito y Caución contribui para o crescimento das empresas, há mais de 85 anos, protegendo-as dos riscos associados às vendas a crédito de bens e serviços. Desde 2008 é o operador do Atradius em Portugal, Espanha e Brasil.

Atradius é o operador global de seguros de crédito, presente em 50 países, que tem acesso a informação de crédito em mais de 200 milhões de empresas em todo o mundo. O operador global consolida a sua actividade no âmbito do Grupo Catalana Occidente.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.