Conferência `Economic Outlook: Global Perspectives 2014? da Crédito y Caución apresenta tendências a nível global e nacional

A evolução da economia portuguesa tem sido positiva, assegurando uma entrada em 2015 mais equilibrada. As economias têm-se esforçado para impulsionar o mercado no seu todo.

Madrid - 05-jun-2014

A Crédito y Caución organizou em Lisboa e no Porto, a Conferência `Economic Outlook: Global Perspectives 2014´, nos passados dias 3 e 4 de junho, respetivamente. John Lorié, atual Chief-Economist da Atradius, foi o orador convidado para abordar a evolução e desenvolvimento da economia global e nacional, bem como algumas perspetivas para 2014.

Como referiu John Lorié, desde há alguns anos a esta parte, `as economias têm feito tudo o que podem para impulsionar a economia e o mercado no seu todo´. Segundo dados recentes prevê-se que a economia na zona euro cresça 1,2% este ano. O economista destaca Portugal, referindo que a evolução da sua economia tem sido positiva, permitindo aos mercados ganharem uma nova confiança no mercado nacional, assegurando assim uma entrada em 2015 mais equilibrada. Por outro lado, em Portugal e Espanha, os empréstimos realizados pelas instituições bancárias já foram pagos ao Banco Central Europeu.

Contudo, uma das preocupações manifestadas pelo orador é o facto de, `o sector bancário em Portugal ainda não estar a emprestar o necessário para o crescimento, sendo que atualmente continuam a verificar-se descidas ao nível dos empréstimos realizados pela banca, fator que acaba por ser um obstáculo à recuperação económica´, existindo ainda muitas restrições à concessão de créditos a nível nacional.

Desta forma, o economista alerta para a fragilidade do sistema bancário, sendo que um dos problemas que a zona euro enfrenta atualmente é a diversidade das taxas de juro operadas nos diferentes mercados. Antes da `crise´ existia uma disparidade menor relativamente às taxas de juro verificadas nos diferentes mercados. Contudo, atualmente existe uma fragmentação na Europa relativamente a esta questão, contribuindo para um desequilíbrio e instabilidade económica.

Por outro lado e uma das questões levantadas foi também a questão do desemprego na zona euro, que ainda atinge `números assustadores´, como refere John Lorié. O único país que melhorou o seu desempenho neste setor foi a Alemanha, registando atualmente uma taxa de desemprego de cerca de 5%. Contudo, em média e no geral os países da zona euro viram um declínio no seu mercado laboral.

Contudo, o orador refere que se `antevê um otimismo generalizado na zona euro. O nível de confiança tem aumentado no geral, existindo já uma maior predisposição para gastar e consumir´, ao contrário do verificado nos últimos anos. Por outro lado, `assistimos também a um crescimento da confiança ao nível das indústrias, existindo também neste sector uma predisposição para o investimento e consumo. Em traços gerais a economia e o crescimento encontram-se no bom caminho. Contudo, é necessário dar especial atenção ao sector bancário´, conclui.

 

Sobre John Lorié

Doutorado em Economia Internacional, é Chief-Economist na Atradius e professor e investigador na Escola de Economia de Amesterdão [Universidade de Amesterdão]. Possui experiência em sistemas bancários internacionais e bancos de investimentos [estruturação financeira] na ABN AQMRO. As suas especializações são: economia fiscal, economia internacional, integração económica europeia e taxas de câmbio.

 

Sobre a Crédito y Caución

A Crédito y Caución é um dos operadores líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Portugal, com uma quota de mercado de 23%. A Crédito y Caución contribui para o crescimento das empresas, há mais de 85 anos, protegendo-as dos riscos associados às vendas a crédito de bens e serviços. Desde 2008 é o operador do Grupo Atradius em Espanha, Portugal e Brasil.

O Grupo Atradius é o operador global de seguros de crédito, presente em 50 países, que tem acesso a informação de crédito em mais de 100 milhões de empresas em todo o mundo.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.