Crédito y Caución prevê que a recuperação global acelere em 2014

Empresas portuguesas e espanholas registam evolução histórica nas exportações, com um crescimento acumulado de 24% em Portugal e 23 % em Espanha.

Madrid - 26-nov-2013

De acordo com o mais recente Relatório de Perspetivas Económicas divulgado pela Crédito y Caución, o crescimento económico mundial vai acelerar em 2014, impulsionado pela recuperação moderada da crise na zona euro.

Após o retrocesso ultrapassado por Portugal e Espanha, o ano 2014 será marcado por uma inversão da situação a nível global, mesmo registando baixos níveis de crescimento. A Áustria e a Alemanha serão os motores do crescimento económico europeu, com taxas de aproximadamente 1,8%. A Grécia será, em 2014, o único mercado para contratação da zona euro.

O relatório prevê que o crescimento global para o próximo ano seja de 3,1%, mais sete décimas do que o perspetivado para 2013. A expansão dos Estados Unidos vai atingir 2,6% e a zona euro irá pôr fim a dois anos de contrato com um crescimento de 0,9%.

 

 

Dada a forte evolução dos mercados avançados, o crescimento esperado nos mercados emergentes irá continuar de forma moderada, ainda que permaneça firme. A China e a Índia terão dificuldades em manter o ritmo acelerado dos anos anteriores, mas no conjunto do sudeste asiático haverá um crescimento de 6,3% em 2014. A América Latina vai marcar um crescimento mais lento de 3,3%, e a Europa Oriental de 3,1%. A evolução dos mercados emergentes está marcada pela saída de capitais, especialmente intensa em mercados como a Turquia e o Brasil. No entanto, os mercados emergentes melhoraram a sua situação financeira na última década e deveriam ser capazes de resistir a condições financeiras mais restritivas.

Este cenário de recuperação previsto pela Crédito y Caución é ainda frágil e pode ser afetado por uma redução intensa do crescimento, mais do que o esperado nos mercados emergentes, pela instabilidade política americana em torno do défice ou abrandamento da união bancária europeia.

 

Crescimento do comércio mundial

De acordo com o relatório divulgado pela Crédito y Caución, Portugal e Espanha estão numa fase favorável para aproveitarem o aumento registado nos negócios internacionais. Dado este ambiente de crescimento económico é também prevista uma aceleração do comércio a nível global, até 4,5%, uma taxa sensivelmente superior a 1,9% registada em 2012 e 2013. O mercado ibérico tem registado uma evolução histórica nas exportações durante os últimos três anos e meio de crise, com um crescimento acumulado de 24% em Portugal e 23 % em Espanha. Este desenvolvimento resulta, principalmente, da melhoria da competitividade através de ajustes salariais. Estes dois países apresentam a maior redução acumulada de custos laborais unitários da zona euro ao longo dos últimos três anos e meio, o que também é significativo na Irlanda e em Itália. A Alemanha apresenta uma redução acentuada, enquanto os Países Baixos e a Bélgica perderam competitividade salarial.

Em consonância com a melhoria das condições económicas, o ambiente de insolvência empresarial irá também melhorar de forma global em 2014, depois do ano 2013 ter sido marcado por uma acentuada queda em muitos países. A Crédito y Caución prevê que esta melhoria seja especialmente acentuada nos Estados Unidos, Reino Unido e nos países nórdicos. Na zona euro as insolvências tendem a estabilizar. O crescimento previsto para 2014 é de apenas 0,9% em comparação com 6,8% em 2013 e nos países periféricos, como Espanha, as insolvências irão crescer cerca de 2,5% depois de superar os 11% em 2013.

 

 

Desenvolvimentos recentes nos riscos percebidos pelo Grupo Atradius em vários mercados do mundo também apresentaram mais melhorias – países como a Rússia, Peru, México e África do Sul,- que agravamentos – por ex. Chipre, o Egito e a Argentina. A deterioração deste indicador estratégico de estabilidade, que abrange uma ampla gama de fatores, tais como a situação política, o risco de conflito armado e a situação financeira soberana, pode afetar a capacidade das empresas de cumprir com as suas obrigações de pagamento.

  

Sobre Crédito y Caución

A Crédito y Caución é um dos operadores líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Portugal, com uma quota de mercado de 28%. A Crédito y Caución contribui para o crescimento das empresas, há mais de 80 anos, protegendo-as dos riscos associados às vendas a crédito de bens e serviços.

Desde 2008 é o operador do Grupo Atradius em Espanha, Portugal e Brasil.

O Grupo Atradius é o operador global de seguros de crédito, presente em 45 países, que tem acesso a informação de crédito em mais de 100 milhões de empresas em todo o mundo.

 

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.