O incumprimento nos pagamentos é a principal fraqueza do Chipre

O mais recente relatório da Crédito y Caución confirma o significativo progresso desta pequena economia do Mediterrâneo e a sua elevada exposição a alterações no panorama internacional.  
 

Lisboa - 15-nov-2019

 

 

Em 2013, o Chipre protagonizou uma profunda crise financeira que exigiu a intervenção do Fundo Monetário Internacional para apoiar as finanças públicas e o setor bancário. O mais recente relatório da Crédito y Caución confirma o significativo progresso desta pequena economia mediterrânica que está agora numa posição muito mais sólida. No entanto, a seguradora de crédito destaca a persistência de algumas vulnerabilidades como uma dívida excessiva, níveis elevados de incumprimento junto da banca e desequilíbrios externos que aumentam a exposição da ilha a uma mudança no panorama global. A Crédito y Caución prevê que o crescimento do PIB do Chipre abrande para 2,8% devido à queda da procura na Zona Euro e ao enfraquecimento do turismo em resultado do Brexit e da recuperação de destinos como a Turquia e o Egito.

 

 

A principal debilidade do Chipre reside no seu setor bancário que ainda está dominado por ativos de muito baixa qualidade e por taxas de incumprimento elevadas que, em 2018, atingiram os 32%, de longe o valor mais elevado da Zona Euro. Isto limita a concessão de novos empréstimos e a rentabilidade dos bancos. Os desequilíbrios externos permanecem relevantes. Em 2019, o défice em conta corrente deverá atingir cerca de 9% do PIB. A consequência desse défice persistente é que a dívida externa não caiu de modo significativo desde a crise. Em 2018, ficou num nível extremamente elevado de 551% do PIB, o que representa uma ligeira melhoria face aos 590% de 2013.


A recuperação económica do Chipre foi sólida. As finanças públicas encontram-se numa situação relativamente saneada, a crise do setor bancário terminou e recuperou-se, em grande medida, a competitividade. No entanto, há uma série de riscos que persistem. A reestruturação da dívida tem um longo caminho a percorrer e a alavancagem do privado continua elevada, o que constitui um risco para o ainda frágil setor bancário. O crescimento do investimento está demasiado centrado na Construção e as ameaças externas estão a aumentar devido à incerteza em torno de um Brexit sem acordo”, refere o relatório.


Sobre a Crédito y Caución


Crédito y Caución é uma das marcas líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Portugal, com uma quota de mercado de 26%. A Crédito y Caución contribui para o crescimento das empresas, protegendo-as dos riscos de incumprimento associados a vendas a crédito de bens e serviços. A marca Crédito y Caución também está presente em Espanha e no Brasil. No resto do mundo opera como Atradius. Somos um operador global de seguro de crédito presente em mais de 50 países.  A nossa actividade consolida-se no Grupo Catalana Occidente.
 

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.