A Crédito y Caución não prevê a abertura da Argélia

Embora esteja a consumir rapidamente as suas reservas de divisas, a Argélia não está a financiar-se no mercado internacional, nem abre a sua economia a maiores investimentos estrangeiros.
 

Lisboa - 18-out-2019

 

 

A economia argelina assenta no petróleo e no gás, que representam mais de 95% das suas exportações e 60% do orçamento de Estado. Para limitar o impacto económico da deterioração dos preços do petróleo e suportar os gastos públicos, o Governo utilizou o fundo de estabilização acumulado durante o período de elevados preços do crude. Com o fundo praticamente esgotado, a Crédito y Caución prevê que a Argélia tenha um crescimento modesto, inferior a 2%, em 2019 e 2020.

 

 

O défice orçamental argelino vai voltar a subir em 2019. Um quinto do orçamento de Estado destina-se a subsídios que apoiam o vasto sistema de assistência social do país. Nesse contexto, a Crédito y Caución prevê que a dívida pública da Argélia aumente consideravelmente de 9% do PIB em 2015 para mais de 58% em 2020. O défice em conta corrente, que é financiado principalmente por reservas internacionais, excederá os 10% do PIB em 2019 e 2020. As reservas de moeda ainda são altas, mas estão a diminuir rapidamente: de 30 meses de cobertura de importações em 2014 para 16 meses em 2019.


Segundo a seguradora de crédito, "para garantir a prosperidade e estabilidade do país a longo prazo, as autoridades argelinas teriam que acelerar o atual ritmo de diversificação económica". No entanto, com 90% do PIB controlado pelo Estado, a burocracia, o limitado acesso ao crédito para financiamento e a rigidez do mercado de trabalho continuam a prejudicar a iniciativa privada e o investimento estrangeiro. "O ónus da política fiscal e as pressões financeiras internas poderiam ser aliviadas se o Governo decidisse financiar-se no mercado internacional e abrir a economia a um maior investimento estrangeiro", sublinha o relatório.


Sobre a Crédito y Caución


Crédito y Caución é uma das marcas líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Portugal, com uma quota de mercado de 26%. A Crédito y Caución contribui para o crescimento das empresas, protegendo-as dos riscos de incumprimento associados a vendas a crédito de bens e serviços. A marca Crédito y Caución também está presente em Espanha e no Brasil. No resto do mundo opera como Atradius. Somos um operador global de seguro de crédito presente em mais de 50 países.  A nossa actividade consolida-se no Grupo Catalana Occidente.
 

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.