Os riscos latentes do dinamismo da Europa

A Crédito y Caución prevê que o crescimento dos principais países europeus se mantenha em 2018, mas alerta para os riscos latentes nos mercados que nos rodeiam.

Madrid - 16-mai-2018

 

 

O mais recente Country Report divulgado pela Crédito y Caución prevê que o dinamismo de crescimento dos principais países da Europa se mantenha em 2018, mas adverte para alguns ventos contra e riscos latentes nos mercados.

 

 

O relatório prevê que a Alemanha mantenha a sua solidez como motor do crescimento europeu, com uma expansão económica em torno dos 2,4% em 2018, impulsionada pelo consumo privado, investimento, aumento das exportações na zona euro e pelo sólido crescimento do crédito. No entanto, o relatório adverte que “a valorização do euro está lentamente a transformar-se num obstáculo ao crescimento das exportações para destinos fora da zona do euro”. Além disso, a incerteza quanto ao resultado do Brexit “constitui uma nuvem negra, já que o Reino Unido é o terceiro mercado de exportação para a Alemanha”.

 

Em Espanha, o relatório prevê uma ligeira moderação na recuperação económica que, no entanto, se irá manter sólida, com o consumo privado e o investimento a atuar como motores principais. As exportações espanholas continuam a beneficiar da recuperação da zona euro. Contudo, o relatório recorda que “o nível de empréstimos em incumprimento se manteve elevado em comparação com outros países membros da União Europeia".

 

Em França, após vários anos de fraco crescimento, espera-se que em 2018 e 2019 este seja de cerca de 2%. Uma recuperação impulsionada pelo aumento das exportações, pela confiança de empresas e consumidores, por uma menor pressão fiscal sobre as empresas que sustenta o aumento do investimento e pelas reformas no mercado laboral com impacto na redução do desemprego e no consumo das famílias. No entanto, o relatório adverte que “a dívida corporativa aumentou para mais de 70% do PIB e que aumentos adicionais poderiam tornar as empresas francesas mais vulneráveis a um aumento dos juros mais rápido que o esperado”. Além disso, a dívida francesa situa-se nos 95% do PIB, uma das más elevadas dos mercados circundantes.  “Parece que se requerem mais medidas para travar a despesa pública, nos 57% do PIB, a mais elevada da zona euro”, afirma o relatório.

 

No Reino Unido, não é esperada uma deterioração do crescimento em 2018. “As exportações do Reino Unido beneficiaram de uma maior competitividade internacional devido à debilidade da libra e a uma maior procura mundial”, refere o relatório. A outra face da moeda é que os gastos dos consumidores, motor da expansão económica no passado, foram afetados pelo declínio dos salários reais. O crescimento do investimento das empresas desacelerou em 2017 devido à insegurança quanto ao futuro das relações comerciais com a União Europeia a longo prazo.

 

Em Itália, o relatório recorda que “continuam a existir riscos importantes”, como a incerteza institucional, que ameaçam a recuperação. Apesar dos esforços de reforma, “a competitividade da Itália não melhorou significativamente em comparação com os seus pares” da União Europeia. O relatório alerta que “muitos bancos ainda sofrem de empréstimos morosos, custos de operação elevados e baixa rentabilidade”. Além disso, apesar dos esforços de consolidação fiscal, a dívida pública representa mais de 130% do PIB. “Para diminuir substancialmente a relação da dívida seria necessária uma taxa de crescimento anual nominal de 3%”, salienta o relatório.

 

Sobre a Crédito y Caución

 

Crédito y Caución é uma das marcas líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Portugal, com uma quota de mercado de 27%. A Crédito y Caución contribui para o crescimento  das empresas, protegendo-as dos riscos de incumprimento associados a vendas a crédito de bens e serviços. A marca Crédito y Caución também está presente em Espanha e no Brasil. No resto do mundo opera como Atradius. Com uma quota de mercado mundial de 24%, somos um operador global de seguro de crédito presente em mais de 50 países.  A nossa actividade consolida-se no Grupo Catalana Occidente.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web utiliza cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

 

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.