Sector Metalúrgico da Alemanha estável mas recuperação total apenas em 2012 ou 2013

Crédito y Caución prevê, para o segundo semestre do ano, uma estabilização continuada em alguns sectores da economia alemã, nomeadamente o Metalúrgico.
Madrid - 30-ago-2010

Os especialistas da Crédito y Caución prevêm, para o segundo semestre do ano, uma estabilização continuada em alguns sectores da economia alemã, nomeadamente o Metalúrgico. Apesar da recuperação, os níveis de produção registados antes da crise, neste sector, não serão novamente alcançados antes de 2012 ou 2013.

O sector Metalúrgico alemão foi um dos mais afectados pela crise económica que se registou em 2009. O facto de depender de sectores em dificuldade, como são exemplos o sector Automóvel e o da Construção, fez com que o volume de negócios recuasse bastante em 2009, chegando mesmo a atingir o nível mais baixo dos últimos cinco anos. No entanto, no segundo semestre de 2009, o sector iniciou a recuperação e, entre Janeiro e Junho deste ano, a produção de aço bruto aumentou 64,4% face ao período homólogo. Mesmo assim, a situação continua difícil e propensa a riscos adversos, devido aos aumentos dos preços das matérias-primas, aos maiores riscos nos mercados financeiros e a uma situação económica ainda muito instável.

A Crédito y Caución registou, desde o início do ano, uma melhoria ao nível dos pagamentos e uma redução dos incumprimentos. Contudo, a actual recuperação económica da Alemanha apenas se reflecte nos actuais números de insolvências. Em 2009, uma primeira vaga de insolvências afectou o sector Industrial, em particular os fornecedores dos sectores Automóvel e de Máquinas/Ferramentas. Fruto da lenta recuperação nos últimos meses, uma segunda vaga de insolvências afectou outras áreas, como por exemplo o sector dos Serviços.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter