Quem beneficiará com o petróleo mais barato?

As previsões atuais sugerem que entre 2015 e 2016 o intervalo de preços do barril de petróleo irá estabilizar entre os 85 e os 90 dólares.

Madrid - 12-jan-2015

Os países da União Europeia serão os principais beneficiados com a descida do preço do petróleo, de acordo com as previsões divulgadas pela Crédito y Caución. Se o preço do barril se mantiver em torno dos 85 dólares, a fatura anual que supõe a importação do petróleo irá reduzir-se em quase 100.000 milhões de dólares: de 500.000 para 400.000. Paradoxalmente, esta redução irá aumentar o risco de deflação e de estagnação do consumo na Europa. Na China, a poupança pode estar perto dos 60.000 milhões de dólares. O caso dos Estados Unidos é mais ambíguo, por ser simultaneamente um dos principais produtores e consumidores de petróleo.

O preço do barril de petróleo encontra-se muito longe do intervalo de 100 a 120 dólares em que flutuava desde 2011. Embora a China represente cerca de 20% do consumo mundial de petróleo, a evolução recente dos preços não se pode explicar por uma alteração na procura chinesa ou por uma moderação da procura na Europa.

A explicação principal encontra-se no aumento da oferta. As interrupções na produção desapareceram parcialmente na Líbia, que quadruplicou a sua produção desde o verão até se situar perto dos níveis de 2010 anteriores à sua guerra civil. Também o Iraque começou a aumentar a sua produção. Os problemas na produção mantêm-se na Síria e no Irão, por motivos geopolíticos, e no Canadá e no Mar do Norte, por razões técnicas.

As novas técnicas de extração utilizadas nos Estados Unidos, que exigem a fratura hidráulica de rochas, equipararam os níveis de produção da Arábia Saudita. De facto, o nível crítico de preços para que estas novas formas de extração sejam rentáveis já diminuiu para os 70 dólares por barril. Por outro lado, a Arábia Saudita parece decidida a manter a sua quota de mercado e deixou de regular os seus níveis de produção para estabilizar os preços mundiais.

As previsões atuais sugerem que entre 2015 e 2016, o intervalo de preços do barril se irá estabilizar entre os 85 e os 90 dólares. De acordo com o documento divulgado pela Crédito y Caución, os potenciais riscos que ameaçam este cenário são, principalmente, geopolíticos. O mais relevante é a atividade do Estado Islâmico no Médio Oriente, embora até à data não tenha afetado a produção do Iraque, cujos complexos petrolíferos se encontram principalmente a sul do país.

 

Sobre a Crédito y Caución

A Crédito y Caución  é um dos operadores líderes em seguro de crédito interno e de exportação. A Crédito y Caución contribui para o crescimento das empresas, há mais de 85 anos, protegendo-as dos riscos associados às vendas a crédito de bens e serviços. Desde 2008 é o operador do Atradius em Brasil, Espahna e Portugal.

Atradius é o operador global de seguros de crédito, presente em 50 países, que tem acesso a informação de crédito em mais de 100 milhões de empresas em todo o mundo. O operador global consolida a sua actividade no âmbito do Grupo Catalana Occidente.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web usa cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.