Crédito y Caución atesta melhoria de pagamentos em todos os países nórdicos

Desde 2011 que a frequência prevista de incumprimento de pagamentos da Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia tinha piorado intensamente devido à debilidade económica local e aos seus parceiros comerciais.

Madrid - 30-abr-2014

A Crédito y Caución, a primeira empresa de seguros de crédito do mercado espanhol, acaba de divulgar a melhoria significativa no comportamento de pagamentos dos países nórdicos. Desde 2011, a frequência prevista de incumprimento da Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia tinha piorado intensamente devido à combinação da debilidade económica local, com as condições adversas dos seus parceiros comerciais e com a crise de dívidas da Zona Euro. Esta tendência começou a mudar em 2013 até se situar, no final do ano, nos melhores níveis desde o início do colapso mundial do crédito, no Outono de 2008.

Esta melhoria oferece uma oportunidade para as empresas portuguesas. Uma das recuperações mais sólidas é a da Dinamarca, que chegou a contrair 5% em 2009, com um mercado imobiliário cujas quedas só foram superadas pela Espanha e Irlanda. A Crédito y Caución prevê que esta economia se restabeleça em 2014, com um crescimento do PIB entre 1,5% e 2%, assente numa base sólida. A melhoria da economia será refletida nas insolvências que a Crédito y Caución espera que diminuam 5% em 2014. Paralelamente ao crescimento das exportações de aproximadamente 4,5%, a maior parte do consumo interno deverá manter o desempenho económico este ano. 

O setor agroindustrial, que representa 20% das exportações de produtos dinamarqueses, foi impulsionado pelo aumento da demanda dos mercados emergentes, com a incorporação da China como um dos três mercados de exportação de alimentos dinamarqueses mais importantes, juntamente com a Alemanha e o Reino Unido. A seguradora de crédito prevê mesmo uma pequena recuperação da construção pública e em algumas áreas do subsetor da habitação.

Na Finlândia, a recuperação porá termo em 2014 aos anos de recessão e queda do consumo privado, que elevaram ano o número de casos de insolvência em 5,7%. Os pedidos para o procedimento de reestruturação da dívida finlandesa, correspondente ao capítulo 11 dos Estados Unidos, irão aumentar 8% todos os anos. A construção e o comércio a retalho são os setores mais afetados. O número de empresas denunciadas por incumprimento atingiu o recorde o ano passado. Os consumidores particulares denunciados por incumprimento demonstraram igualmente uma tendência preocupante, atingindo cerca de 8,3% dos habitantes adultos da Finlândia, devido sobretudo ao aumento do desemprego. Contudo, com a recuperação económica, a Crédito y Caución prevê que as insolvências empresariais caiam ligeiramente em 2014: aproximadamente 2%.

Na Noruega, as bases económicas são sólidas. Contudo, a incerteza sobre o desempenho económico da Zona Euro, sobretudo na Europa do Sul, e o medo que um agravamento da crise na Zona Euro pudesse afetar o emprego causou um crescimento menor nos gastos dos consumidores e um aumento significativo nas poupanças familiares. No ano passado, a economia norueguesa cresceu apenas 0,7%. A insegurança dos consumidores persiste e o crescimento das despesas familiares será menor este ano do que em 2013, dado que as incertezas sobre o futuro do rendimento do mercado imobiliário norueguês continua e alguns economistas preveem uma queda dos preços acentuada de 20%. Em 2014, a Crédito y Caución prevê uma melhoria modesta do crescimento até 1,3%, graças à procura externa e a uma estabilização ou ligeira diminuição dos casos de insolvência, que cresceram quase 20% em 2013.

Na Suécia as previsões da seguradora espanhola apontam para um crescimento em 2014 de 1,5%, bem acima dos 0,8% de 2013. Os indicadores de confiança, quer por parte das empresas, quer da parte dos consumidores, melhoraram.

 

Sobre a Crédito y Caución

Crédito y Caución, companhia de seguros, contribui há mais de 85 anos com o crescimento das empresas, protegendo-as dos riscos de inadimplência associados a vendas a crédito de bens e serviços.

Com participação de mercado próxima a 50% na Espanha e 30% em Portugal, está posicionada como líder um líder mundial em seguro de crédito. Além disso, Crédito y Caución está expandindo sua atuação direta no Brasil. A empresa é a operadora nestes três mercados do Grupo Atradius, presente em 50 países. Possui acesso a informações de crédito de mais de 100 milhões de empresas em todo o mundo. A força financeira de Crédito y Caución é confirmada pela classificação `A3´ da Moddy´s e `A´ da A.M. Best.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web usa cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.