Irão entra em economia de resistência

De acordo com a análise da Crédito y Caución, a capacidade de pagamento externo do Irão e a sua disposição para pagar não correm risco imediato.
 

São Paolo - 16-set-2019

A imposição de novas sanções ao Irão por parte dos Estados Unidos levou o país a regressar a uma economia de resistência marcada por perspectivas moderadas quanto ao crescimento a longo prazo e por uma inflação elevada. De acordo com o mais recente relatório da Crédito y Caución, a capacidade de cumprimento do Irão não está comprometida, mas os riscos políticos, como possíveis sanções da União Europeia, são elevados. Estima-se que a economia iraniana tenha contraído 4,9% em 2018, a que provavelmente se seguirá um declínio de 6,5% em 2019.

 

 

A economia de resistência envolve uma maior dependência da produção nacional e um impulso do comércio de troca. O Irão proibiu a importação de mais de 1.300 produtos que, juntamente com a forte desvalorização do rial, reduzirá as importações, evitará a saída de divisas e estimulará a produção nacional.


As exportações petrolíferas do Irão passaram de mais de 2,5 milhões de barris por dia em 2018 para não mais de 400.000 barris em julho, um valor muito inferior aos 1,1 milhões registados no anterior período de sanções. Embora a exportação de produtos não petrolíferos (cerca de 35%), como produtos químicos, plásticos, metais, hortaliças e frutas, tenha como principais destinos países críticos com as sanções, como a Turquia, a China, a Índia e o Iraque,  o seu crescimento também desacelerou significativamente. As limitações às importações e o medo de sanções entre os parceiros comerciais constituem um sério revés para o potencial de crescimento do Irão.


O Irão depende, em grande medida, da União Europeia para as importações de tecnologia. Uma inversão completa no comércio com o país poderia implicar perdas superiores a 3.000 milhões de dólares para os exportadores europeus de bens de capital. A participação dos bens de capital nas exportações europeias para o Irão aumentou de 33% em 2013 para perto de 43% desde 2016. Os exportadores são empresas pouco expostas ao mercado norte-americano e que, por isso, correm menos riscos de sofrer sanções extraterritoriais por parte dos EUA. Embora “a capacidade de pagamento externo do Irão e a sua disposição para pagar não corram um risco imediato”, o relatório explica que os canais de pagamento com o país poderiam reduzir-se no futuro. Além disso, não se pode excluir a possibilidade da União Europeia voltar a colocar sanções como resposta às violações do acordo nuclear por parte do Irão.


Sobre a Crédito y Caución


Crédito y Caución é uma das marcas líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Brasil, com uma quota de mercado de 19%. A Crédito y Caución contribui para o crescimento  das empresas, protegendo-as dos riscos de incumprimento associados a vendas a crédito de bens e serviços. A marca Crédito y Caución também está presente em Espanha e no Portugal. No resto do mundo opera como Atradius. Somos um operador global de seguro de crédito presente em 50 países. A nossa actividade consolida-se no Grupo Catalana Occidente.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web usa cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.