Escalada protecionista ameaça as TIC

As boas perspetivas das Tecnologias de Informação e Comunicação enfrentam o impacto da crescente escalada na tensão comercial entre os Estados Unidos e a China.

Madrid - 18-jun-2019

O mais recente Market Monitor divulgado pela Crédito y Caución prevê que as vendas mundiais de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) cresçam acima dos 3% em 2019. No entanto, a seguradora de crédito adverte que a boa evolução prevista em quase todos os segmentos, especialmente intensa no software empresarial (8%) e nos serviços associados (5%), enfrenta o impacto da “crescente escalada na tensão comercial entre os Estados Unidos e a China” que “representa o maior risco para as perspetivas da indústria”.

 

 

Em maio, os Estados Unidos aumentaram as tarifas dos 200.000 milhões de dólares de importações chinesas de 10% para 25%. Embora as TIC não tenham sido afetadas de forma significativa, o relatório da Crédito y Caución adverte que uma escalada “para impor tarifas em quase todas as restantes importações da China e as medidas de retaliação por parte de Pequim afetariam, em definitivo, o desempenho da indústria", enfraquecendo a confiança de empresas e consumidores em todo o mundo.


Cerca de 88% das importações chinesas de TIC são componentes electrónicos que são montados na China continental e depois reexportados. Um aumento das tarifas norte-americanas para 25% para todos os seus produtos de telecomunicações e componentes de telefones inteligentes chineses iria travar o crescimento dos fabricantes de TIC e causar uma mudança nas fábricas que as marcas globais têm neste mercado asiático. Devido às difíceis condições de mercado, a Crédito y Caución espera que os níveis de incumprimento das empresas chinesas do setor aumentem em 2019, embora, de momento, não se espere um crescimento significativo das insolvências.


Nos Estados Unidos, o impacto da disputa comercial no setor das TIC ainda está por vir, dada a complexidade das cadeias de fornecimento. O relatório observa que muitas empresas norte-americanas do setor que importam da China "começaram a acumular inventário ou a importar produtos de outros mercados asiáticos". Uma guerra comercial em larga escala aumentaria os preços nos Estados Unidos para uma gama significativa de componentes eletrónicos. Neste cenário, o relatório da seguradora de crédito prevê que uma parte dos novos custos seja absorvida pelos retalhistas, o que causaria uma redução das suas margens, num mercado muito competitivo. 


O impacto desta guerra bilateral transcende a China e os Estados Unidos. O Japão é já um dos países mais afetados pelas restrições norte-americanas aos fornecedores de determinadas companhias tecnológicas chinesas. Além disso, qualquer abrandamento económico na China provocado pela disputa comercial conduzirá a uma queda das exportações japonesas para toda a Ásia.


O relatório incide também sobre os efeitos do Brexit nas TIC. “Continuamos a monitorar de perto os fornecedores de TIC no setor de serviços financeiros, que é um mercado importante para as vendas no Reino Unido. A possível deslocalização de instituições financeiras para a Europa continental, na esteira do Brexit, poderia ter um efeito em cadeia sobre os fornecedores de TIC. Embora o Governo britânico tenha tentado tranquilizar as principais empresas financeiras de que a indústria estará protegida num acordo comercial para o Brexit, o resultado real ainda está por ver", afirma.


Sobre a Crédito y Caución


Crédito y Caución é uma das marcas líderes em seguro de crédito interno e de exportação em Brasil, com uma quota de mercado de 19%. A Crédito y Caución contribui para o crescimento  das empresas, protegendo-as dos riscos de incumprimento associados a vendas a crédito de bens e serviços. A marca Crédito y Caución também está presente em Espanha e no Portugal. No resto do mundo opera como Atradius. Somos um operador global de seguro de crédito presente em 50 países. A nossa actividade consolida-se no Grupo Catalana Occidente.

Mantenha-se informado. Receba a nossa Newsletter

Esta pagina web usa cookies

Utilizamos cookies de terceiros para fins analíticos (produzindo estatísticas baseadas nos seus hábitos de navegação), personalização (para lembrar o idioma ou as configurações preferidas da web) e publicidade comportamental (para desenvolver perfis e oferecer publicidade adaptada às suas preferências de navegação). Poderá configurar o uso desta tecnologia. Poderá também modificar ou retirar o seu consentimento a qualquer momento, clicando em "Declaração de Cookies".

Marketing

Os cookies de marketing são utilizados para rastrear os visitantes dos sites. A intenção é exibir anúncios que sejam relevantes e atraentes para o utilizador individual e, por conseguinte, mais valiosos para os editores e anunciantes terceiros.

Necessárias

Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, ativando funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O website não pode funcionar corretamente sem estes cookies.

Estadísticas

Os cookies estatísticos ajudam os proprietários dos sítios Web a compreender como os visitantes interagem com o sítio Web, recolhendo e fornecendo informações de forma anónima.

Preferências

Os cookies de preferências permitem que o site se lembre de informações que alteram a forma como o site se comporta ou é apresentado, tais como o seu idioma preferido ou a região em que se encontra.